O cigarro e seus efeitos sobre a pele

Categoria: Tabaco

cigarroTodos nós conhecemos os efeitos nocivos do cigarro para a saúde dos consumidores deste produto, sobretudo nos órgãos internos.

Mas não só é negativo para os órgãos internos, apresenta efeitos para a pele. Assim, o cigarro é um dos fatores que mais influenciam  no envelhecimento da pele.

Causa o aparecimento de rugas, seca a pele, dando-lhes uma coloração diferente. Também dificulta a cicatrização, resseca o cabelo e favorece o câncer de lábios.

O envelhecimento é algo comum em todos os fumantes. Como também o aparecimento das rugas. Segundo um estudo da Archives of Dermatology demonstra que o cigarro causa enrugamento prematuro do rosto.
A cicatrização das feridas também é afetada pelo consumo do cigarro. Em um estudo em mulheres operadas de cirurgia estética comprovou-se que as feridas das fumantes cicatrizam pior que as das não fumantes.

Outro efeito, bastante desagradável, é a pigmentação amarela que vão adquirindo os dedos. O fumo também favorece o desenvolvimento da doença vascular periférica, com conseqüências na pele.

Como vemos, as razões relacionadas a saúde, também podemos encontrar muitíssimas razões estéticas para deixar de fumar. De nada vale se cuidar o máximo possível se depois o cigarro vai estragar esses cuidados.

Mesmo assim, não é fácil. 61,8 por cento dos fumantes tentou alguma vez deixar esse hábito.

Leia também os artigos Relacionados

  • Vacina contra o fumo
  • A alergia da pele, dicas para diminuir seus efeitos
  • Como escolher protetor solar
  • Funções da pele
  • O que são antioxidantes e quais são seus efeitos?
  • Deixe o seu Comentário