A gordura abdominal e o câncer de cólon em homens e mulheres

Concretamente,  pesquisadores recorreram à maior base de dados sobre hábitos de vida e nutrição, com o objetivo expresso de buscar uma série de indicadores do risco de padecer de câncer de reto e cólon.

Não em vão, seus dados partem do estudo chamado [EPIC] (Investigação Prospectiva Européia sobre Nutrição e Câncer), que recolhe informação de um total de 521.000 pessoas de dez países europeus.

Na investigação, os estudiosos encontraram que a medida da cintura em relação à quadril serve como um indicador claro do risco de câncer de cólon, tanto em homens como em mulheres.

Medidas da gordura abdominal e o risco de padecer câncer de cólon


No que se refere às mulheres, aquelas com uma relação superior a 0,85 tinham 52% mais de risco de desenvolver ou padecer câncer de cólon que aquelas com uma relação inferior a 0,73.

Nos homens, os resultados parecem ser que foram similares, já que o risco era de aproximadamente 50% naqueles homens com uma relação entre cintura e quadril mais alta.

No entanto, segundo declararam os próprios pesquisadores, o Índice de Massa Corporal (IMC) tão só serviria para predizer o risco de padecer câncer de cólon em homens, e não em mulheres.

Leia também os artigos Relacionados

  • A obesidade abdominal e o tamanho da cintura na saúde
  • Por que se acumula gordura na barriga?
  • Por que os homens conseguem emagrecer com facilidade?
  • MULHERES EVOLUÍDAS BOMBRIL, WWW.MULHERESEVOLUIDAS.COM.BR
  • Alimentos que provocam retenção de líquidos
  • Deixe o seu Comentário