• “Interruptor biológico” que manipula a presença de gordura

    Uma edição digital da revista “Nature” relata que uma equipe internacional de cientistas descobriu ao que parece uma espécie de “interruptor biológico” da obesidade que oferece a possibilidade em si de manipular a presença ou ausência de gordura em zonas anatomicamente estratégicas de nosso corpo.

    O interruptor citado se ativaria sobretudo pelo estresse crônico, o que explicaria por que há pessoas que, por exemplo durante suas férias, podem chegar a perder peso ao se afastar temporariamente de suas pressões e preocupações cotidianas.

    Estes cientistas expuseram a um número determinado de ratos a situações de estresse crônico, como enjaulados com temperamento agressivo, ou os colocar em água fria durante uma hora ao dia.
    obesidade

    Aplicaram uma dieta normal e outra com altos níveis de gordura e açúcar.

    O resultado, duas semanas depois, foi que os ratos submetidos ao estresse e má alimentação engordaram significativamente. Acumularam até o dobro de gordura que os outros sem estresse aos que se administrou a mesma dieta hipercalórica.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.