Proteínas, carboidratos e gorduras

Estes princípios imediatos são muito importantes para nossa saúde. Descubramos o que são e para que servem.

As proteínas são elementos essenciais do organismo, formando parte da pele, os músculos e a hemoglobina do sangue. Propiciam milhares de processos importantes e transportam os minerais, vitaminas e hormônios, ao mesmo tempo que conformam nossas células.

São fundamentais para a reconstrução dos tecidos e para produzir enzimas, hormônios e neurotransmissores.

A importância das proteínas

Quando o organismo não recebe suficientes proteínas podem produzir-se edemas, e chegar na perda de massa muscular.

A Organização para a Agricultura e a Alimentação da ONU (FAO), e a Academia de Ciências dos Estados Unidos indicam que as pessoas adultas necessitam consumir cerca de 0,8 gramas de proteínas por quilograma de peso. Mas é preciso levar em conta outros fatores.

* Qualidade das proteínas.
* Equilíbrio entre proteínas, carboidratos e gorduras.
* Doenças.
* Quanto maior desgaste físico, mais necessidade de proteínas.
* Quando se sua exageradamente também se perdem proteínas.
* Gravidez.

Alimentos ricos em proteínas

Vejamos uma pequena amostra dos alimentos mais protéicos.

* Carne vaca e cordeiro.
* Atum, salmão e sardinha.
* Ovos.
* Queijo.
* Germe de trigo.
* Nozes.
* Cereais integrais.
* Lentilhas.
* Chocolate.
* Cogumelos.
* Amendoins.
* Quinoa.

Os carboidratos

Os carboidratos, também conhecidos como glicídios ou hidratos de carbono, são o combustível do organismo.

Quando não se consomem carboidratos durante mais de um dia, o corpo recorre à gordura para conseguir energia. Mas se os carboidratos se consomem em excesso, se acumularão como depósitos de gordura.

Alimentos ricos em carboidratos

* Açúcar.
* Mel.
* Melaço.
* Marmelada.
* Chocolate.
* Tortas.
* Castanhas.
* Arroz.
* Batatas fritas.
* Suco de uva.
* Cerejas.
* Peras.
* Bananas.
* Pimentões.
* Bombons.

Excesso ou escassez de carboidratos

Muitos profissionais da saúde se manifestam contrários às dietas que eliminam totalmente os glicídios, buscando a perda dos quilos que sobram.

Os carboidratos alimentam ao cérebro, e a falta deles pode levar a sofrer mudanças de humor, ansiedade, irritabilidade e até depressão. Não é em vão, muitas pessoas afirmam que quando se encontram baixos de moral, ou “depres”, necessitam comer alimentos doces, como o chocolate ou qualquer produto de confeitaria.

Por outra parte, se a ingestão de carboidratos é alta se transformam em gordura e se não se utilizam, se transforma em excesso de peso.

Tipos de carboidratos

Existem dois tipos de carboidratos, os de liberação lenta e os de liberação rápida.

Os de liberação lenta são principalmente as frutas e as verduras, contêm mais fibra e são mais recomendáveis.

Alguns alimentos de liberação rápida são o açúcar, o mel e a confeitaria em geral. Costumam dar uma explosão de energia, e ao pouco tempo uma queda da mesma.

As gorduras

As gorduras, ou lipídios, são imprescindíveis para manter uma boa saúde. Entre outras coisas, conformam a membrana das células, nos proporcionam energia e alimentam o cérebro e o sistema nervoso.
Gorduras de boa e má qualidade

As gorduras mais prejudiciais se encontram em alimentos como os embutidos, os hambúrgueres. Para estes produtos se utilizam óleos que levam uma enorme quantidade de ácidos graxos saturados, muito relacionados com o excesso de colesterol no sangue.
comida
Pelo contrário, as gorduras mais benéficas são as poliinsaturadas, que se encontram no germe de trigo e nos azeites de milho, soja e girassol quando são virgens. Também o azeite de oliva é recomendável, já que possui abundância de ácidos graxos monoinsaturados, muito saudáveis porque protegem as artérias.

Alimentos ricos em gorduras saturadas

* Margarina.
* Manteiga.
* Ovos.
* Sardinhas.
* Carne de Cordeiro.
* Chocolate amargo.
* Leite.

É preciso levar em conta, que qualquer alimento ao fritar multiplica sua quantidade de lipídios.

Alimentos ricos em gorduras insaturadas

* Avelãs.
* Amendoins.
* Abóbora.
* Salmão.

Equilíbrio alimentício

Os médicos quase sempre recomendam que é preciso comer de tudo, isso sim, na sua justa medida. As necessidades dietéticas de um esportista não são as mesmas que as de uma pessoa sedentária.

Para perder peso, não é preciso perder de vista o exercício físico, antes que fazer uma dieta carente de gorduras. Para emagrecer, o corpo deve utilizar mais do que ingressa.

Em todo caso, é preciso lembrar que o equilíbrio na alimentação é muito importante para manter a saúde. E que proteínas, carboidratos e gorduras devem ser consumidos com sentido comum e da maneira correta.

Leia também os artigos Relacionados

  • Necessidades nutricionais: gorduras, proteínas e carboidratos
  • Os carboidratos na alimentação infantil
  • O QUE SÃO OS CARBOIDRATOS
  • Truques contra a celulite
  • Tipos de carboidratos
  • Deixe o seu Comentário