O que é Shiatsu? -Técnica e Funcionamento

Poderíamos traduzir shiatsu, de forma literal, por pressão com os dedos, e vem a consistir em uma técnica natural que combina o tato, a pressão com as mãos, cotovelos, antebraços, polegares e outras partes do corpo com o conhecimento dos canais de fluxo de energia do corpo.
shiatsu
Entre seus objetivos, nos encontramos com a eliminação de toxinas, aliviar dores e libertar tensão dos grupos musculares, à par que podem ser de grande ajuda para lutar contra o stress e a ansiedade.

Qual é a história do Shiatsu? Em que consiste seu funcionamento? Quais são as técnicas mais utilizadas?.

História do Shiatsu

As origens do shiatsu (e da própria história do shiatsu em si) o encontramos há algo mais de 5.000 anos nas montanhas do norte de China, lugar onde os diferentes sacerdotes taoístas praticavam o Dó-In Ankyo.

Este Dó-In Ankyo consistia em uma forma tanto de manipulação corporal como de meditação, que revelava e harmonizava a própria força vital de cada pessoa.

O espírito da maioria das disciplinas chinesas reside em tratar de influir sobre o “qi”, o qual consiste na força inseparável da vida mesma, e que consiste na própria energia de tudo o que ocorre no universo.

Dessa maneira, parte dessas técnicas foram sistematizadas sob o nome de shiatsu, à par que a primeira referência moderna que encontramos chegou através do professor Tamai Tempaku, que no ano 1919- publicou o livro Shiatsu Ho.

Mas não foi até meados do século passado quando o shiatsu voltou a despertar grande interesse, sendo difundido através de dois principais correntes: a do professor Shizuto Masunaga]e a do professor Tokujiro Namikoshi.

Como funciona o Shiatsu?

Como comentamos anteriormente, o shiatsu trata-se de um modo de influir no estado geral que possui uma pessoa, incidindo tanto no próprio equilíbrio da mesma como na repartição das energias interna.

Por tudo isso, o principal objetivo desta técnica é fazer com que o receptor harmonize com a energia do ambiente e da vida, contribuindo para normalizar as situações energéticas a partir de três atitudes: estabilizando os excessos –ou defeitos- do qi, reduzindo seus desequilíbrios e reparando os bloqueios que existam no seu fluxo.

De fato se conhece que a pressão sobre determinados pontos onde a energia está desequilibrada pode causar certa incômodo, produto da tensão que nesses pontos se acumula.

Leia também os artigos Relacionados

  • MIDEA ASSISTÊNCIA TÉCNICA
  • MUELLER PRODUTOS, ASSISTÊNCIA TÉCNICA, WWW.MUELLER.IND.BR
  • ZEEX ASSISTÊNCIA TÉCNICA, PRODUTOS, WWW.ZEEX.COM.BR
  • DELLAR PRODUTOS, RECEITAS, ASSISTÊNCIA TÉCNICA, WWW.DELLAR.COM.BR
  • O líquido ajudará seu organismo
  • Deixe o seu Comentário