A obesidade abdominal e o tamanho da cintura na saúde

Segundo muitos estudos, a obesidade abdominal é um dos fatores mais relevantes do quadro denominado como Síndrome Metabólica, que especialmente se caracteriza pela presença de outros problemas sérios de saúde: colesterol alto, intolerância à glicose, pressão arterial alta, e o nível elevado de triglicerídeos, entre outros aspectos.

Não em vão, a denominada como adiposidade intra abdominal é muito mais perigosa que os próprios “pneuzinhos” em si, porque aumenta o risco de padecer de diabetes tipo 2 ou doenças do coração.

Segundo experts, o excesso de gordura abdominal vem a ser a gênese do risco metabólico, já que em muitos casos, primeiro aparece a obesidade, mas depois aparece a diabete.

Mas, além disso, se leva em conta que a obesidade em si está relacionada como indicamos com outros problemas, como a insuficiência cardíaca, o acidente vascular cerebral ou inclusive a morte súbita, o problema é ainda mais grave e maior.

Nestes casos, o tamanho da cintura pode ser um indicador fiel do risco de padecer de diabetes tipo 2 e doenças do coração, e segundo estudos recentes, a gordura abdominal pode ter uma certa relação com a aparição do câncer de cólon em homens.

Quanto deve medir o tamanho da cintura?

A medida do tamanho da cintura não deveria exceder, no caso das mulheres, os 88 centímetros, e para os homens os 102 centímetros.

Também se pode medir a corpulência calculando o Índice de Massa Corporal, o qual não deve superar os 25.

Leia também os artigos Relacionados

  • A gordura abdominal e o câncer de cólon em homens e mulheres
  • Gráfico da obesidade mundial
  • PLANO DE SAÚDE TEMPO SAÚDE, WWW.TEMPOSAUDE.COM.BR
  • Evitar sobrepeso e obesidade infantil
  • Problemas da Obesidade
  • Deixe o seu Comentário