Reconhecer e tratar a dor de cabeça

dor-de-cabeça

As dores de cabeça são como as luzes amarelas de nossa vida. Não nos detém nas atividades diárias, mas sim nos parecem mais lentos. O maior problema é que muitos de nós pensamos que a única opção que temos é aceitar a dor, ou tratar e esperar que se vá. Mas temos mais opções para tratá-los e preveni-los.

Se temos uma dor pulsante e palpitante que está localizado em um lado de nossa cabeça e traz náuseas ou sensibilidade à luz é possivelmente enxaqueca. Isto ocorre quando os nervos do cérebro se excitam demais, seja por pular uma refeição ou por estresse.

Isso leva à dilatação dos corpos sanguíneos do cérebro. Cerca de 15 por cento das pessoas que sofrem tem uma “aura” justo antes em onde se podem ver linhas, luzes ou pontos. A duração de uma enxaqueca é de aproximadamente 24 horas, de modo que recomenda-se tomar um analgésico e evitar a luz direta durante esse tempo.

Se for uma dor pressionante e tirante em ambos lados da cabeça, pode ser uma dor de cabeça de tensão. Estes  podem apresentar em qualquer parte,na frente, nos lados, na parte traseira da cabeça e inclusive no pescoço. A dor ocorre quando os músculos se contraem e isso pode ser causado por estresse ou ansiedade. As mudanças químicas em nosso cérebro podem causar que os vasos se contraiam ou pode ser uma resposta a mudanças físicas, como manter a cabeça na mesma posição no computador por muito tempo.

Para o tratamento dessa dor pode-se começar com um analgésico, mas há que tratar de buscar a causa, como as mudanças na hora de dormir ou a cafeína. Existem comidas como queijos velhos, comidas defumadas ou vinho tinto que podem desencadear dores de cabeça.

Leia também os artigos Relacionados

  • Falsos mitos da dor de cabeça
  • 90% das dores de cabeça podem ser transtorno alimentar
  • MARÉ PREMIADA MSC CRUZEIROS, WWW.MAREPREMIADAMSCCRUZEIROS.COM.BR
  • O mal de Alzheimer
  • Como tratar a lombalgia
  • Deixe o seu Comentário